em Sem categoria

O Teste de Som Ling Six é uma maneira simples de verificar se alguém pode escutar os sons da voz necessários para desenvolver habilidades auditivas e orais.

Vem a ser uma atividade que qualquer pessoa com deficiência auditiva pode realizar com um amigo ou membro da família, que verifica se uma pessoa é capaz de ouvir os sons da fala. Para crianças com implante auditivo, é uma maneira fácil de certificar de que ela começa toda manhã ouvindo os sons que ela precisa para desenvolver habilidades auditivas e orais. Se você é um usuário, é uma boa maneira de acompanhar sua audição entre encontros com seu audiólogo ou profissional auditivo.

Os sons do Ling Six

Há seis sons no Teste de Som Ling Six, que dobre a faixa das frequências baixas até as altas:

  1. mm, como em me
  2. u, como em bu
  3. a, como em carro
  4. i, como em vi
  5. x, como em chá
  6. s, como em casa

Como usar o Teste de Som Ling Six

É simples: repita esses sons um de cada vez em ordem aleatória. Ele verifica duas coisas. Em primeiro lugar, ele verifica se o ouvinte é capaz de ouvir esses sons, que indicam se ele pode ouvir os sons da voz. Em segundo lugar, verifica se o aparelho auditivo ou o processador de áudio está funcionamento bem.

O teste deve ser feito:

  • em um ambiente silencioso
  • com uma distância de 50 cm a 1 m entre o falante e o ouvinte, do mesmo modo que ocorre quando as pessoas se sentam para conversar.
  • Em um volume normal de conversa
  • os sons devem ser emitidos do mesmo modo que seriam em uma conversa normal, não longos demais
  • Se o ouvinte tem dois aparelhos auditivos ou implantes, faça o teste uma vez para cada um deles sozinho e então outra vez com eles juntos.

Você está testando se ele pode ouvirpraticamente os sons, de modo que é importante que ele não tenha outras dicas que um som foi emitido. Isso significa não poder ver os lábios de quem fala, sentir sua respiração ou a vibração do corpo ao emitir os sons.

Para uma criança, você pode fazê-lo escondendo a boca, fazendo com que ele olhe para outro lado ou colocando algo na frente da boca (desde que não impeça que o som seja ouvido). Lembre-se de que se seu filho estiver sentado em seu colo, ele poderá sentir as vibrações da sua voz emitindo o som. Você pode evitá-lo colocando-o em outro lugar ou conseguir que outra pessoa emita os sons enquanto você o segura.

Se for alguém mais velho, você pode lhe pedir para fechar os olhos ou olhar para o outro lado.

O teste

Diga cada um dos sons por vez. A ordem não importa, desde que seja aleatória toda vez e você diga os sons com pausas irregulares entre eles. O objetivo é evitar que o ouvinte tente adivinhar que som pode estar sendo dito.

O que você procura é um sinal de que ele ouviu o som. Uma criança pequena pode piscar, levantar as sobrancelhas, olhar em volta para ver de onde o som veio ou parar o que estiver fazendo. Uma criança mais velha ou um adulto pode levantar a mão, realizar sua jogada em uma partida ou repetir o som.

Assim que indicarem que ouviram ou entenderam o som, dê-lhes um feedback. Pode ser uma cócega em um bebê, o direito a uma jogada em um jogo para uma criança ou dizer a um adulto que ele ouviu o som.

O teste que descrevemos acima apenas lhe dá informação sobre sua audição em situações como as enfrentadas no teste: ambientes silenciosos em que estejam a um metro de distância. Se você deseja verificar a audição em ambientes diferentes, terá de modificar o entorno.  Pode fazê-lo se afastando mais do ouvinte ou adicionando mais som de fundo, como o de uma TV ou um ar condicionado.

É uma boa ideia registrar os resultados de cada teste em um diário, incluindo as situações em que foram realizados. Desse modo você poderá acompanhar a audição em ambientes diferentes e verificar se ocorrem alterações potenciais na percepção auditiva. Não se esqueça de levar o diário consigo a cada encontra que tiver com um diálogo ou profissional da audição, pois esses dados podem lhes dar uma ideia de quão bem o ouvinte está escutando os sons da voz desde sua última visita.

Faça este teste com regularidade

Ele é simples e fornece boas informações sobre a capacidade de alguém ouvir sons de voz em uma conversa.

Se o ouvinte não responder a um ou mais sons que você emitir, pode significar que não esteja ouvindo aquele som específico da maneira que está sendo falado. Há diferentes razões pelas quais ele pode não ser capaz de ouvir alguns dos sons, como equipamento não funcionando corretamente, baterias gastas, infecções do ouvido ou outras alterações da audição. Quando isso acontecer, você pode tentar modificar a maneira que produz os sons, emitindo-os mais perto do ouvinte, mais alto ou mais longamente. Se fizer qualquer alteração, registre-as como notas no diário sobre o qual falamos anteriormente, pois essa informação é importante para seu audiólogo ou profissional da audição.

Se o ouvinte ainda não puder escutar um som mesmo após efetuar o modo de emiti-lo, você deverá verificar seu aparelho auditivo ou o processador de áudio e acessórios. No caso do implante coclear, certifique-se de que o processador de áudio está ligado e as baterias são novas, a bobina está funcionando e posicionada acima do implante e os microfones não estão bloqueados. Se você verificou tudo isso e ainda tem dúvidas, é melhor entrar imediatamente em contato com seu audiólogo. Informe-o sobre o Teste de Som Ling Six e as respostas que obteve ou não.

E se o ouvinte responder positivamente a todos os sons, isso nos permitirá reconhecer que ele está pronto para um novo dia de audição, ou seja, de desenvolvimento de suas habilidades acústicas e orais.

Referências
Ling, D. (1976). Speech and the hearing-impaired child: Theory and practice. Washington, DC: Alexander Graham Bell Association for the Deaf.
Ling, D. (1989). Foundations of spoken language for the hearing-impaired child. Washington, DC: Alexander Graham Bell Association for the Deaf.

Este post foi escrito com a ajuda de Ingrid Steyns, especialista em reabilitação da MED-EL.

Achou este teste útil? Assine o blog da MED-EL para obter mais dicas e exercícios de reabilitação, publicados toda sexta-feira!

Comments

Postagens recomendadas