Queremos ouvir você!

Nos ajude a melhorar o blog respondendo essa rápida pesquisa de 2 minutos.

Responda a pesquisa
Histórias de Usuários

Um músico de orquestra com Implante Coclear: a história de Russell

O oboísta profissional e usuário de IC Russell, do Reino Unido, perdeu a audição devido a uma doença rara que afeta o ouvido interno. Neste artigo, Russell nos conta tudo sobre sua decisão de fazer um implante coclear, como seu RONDO 3 o ajuda no dia a dia e como ele consegue fazer música apesar da perda auditiva.

An Orchestra Player With a Cochlear Implant: Russell’s Story

Meu nome é Russell. Sou um oboísta britânico que vive em Portugal desde Março de 2001. Sou solista de oboé da Orquestra do Norte em Portugal. É minha responsabilidade dar a nota de afinação a toda a orquestra. Esta nota (A=441hz) é o ponto de referência para todos os músicos. Meu principal hobby além da música é andar de caiaque e também ir à academia.

 

Causa da perda auditiva: SDCS

Minha jornada auditiva começou com sintomas muito específicos: tontura, audição abafada e autofonia – pude ouvir minhas próprias funções corporais amplificadas. Eu ouvia meu coração batendo, meus músculos se contraindo e até meus olhos se movendo de um lado para outro. Por causa desses sintomas, parei de treinar canoagem e de ir à academia. Fui diagnosticado com síndrome de deiscência do canal semicircular (SDCS) e fui submetido a uma cirurgia. Depois fui para casa e percebi que não conseguia mais ouvir no ouvido esquerdo. Foi quando descobri que teria que conviver com surdez permanente.

 

Um obstáculo a superar

Com a ajuda do meu médico, decidi fazer um implante coclear. Eu via minha perda auditiva como um obstáculo que precisava superar para poder voltar a tocar música e trabalhar na minha orquestra. Assim que minha ferida cicatrizou, conseguimos ativar meu processador de áudio. A primeira coisa que ouvi foi um ruído branco. Foi fantástico. Parecia uma estação de rádio muito mal sintonizada. Mas eu estava MUITO feliz.

Eu sabia que isso era apenas o começo e que o trabalho duro ainda estava por vir.

Russell

Oboísta e usuário de IC, Reino Unido

 

Terapia da fala logo após a ativação

Logo após a ativação, fiz terapia da fala todas as semanas durante cerca de três meses. Disseram-me que, provavelmente porque sou músico, no espaço de seis semanas, eu já estava no nível semelhante que uma pessoa que não toca música estaria aos seis meses. Minha fonoaudióloga foi incrivelmente legal – mas também incrivelmente exigente. Acho que ela sabia do que eu era capaz e continuou me incentivando a fazer melhor. E sou grato por ela ter feito isso.

 

Uma nova forma de ouvir com implantes cocleares

Também usei música como parte da minha reabilitação. Eu tocava meu instrumento e embora estivesse, por exemplo, tocando a nota Lá, estava “ouvindo” algo diferente. Eu sabia o que deveria ouvir e então tive que enganar meu cérebro para descobrir o que realmente estava ouvindo. Tive que aprender uma nova forma de ouvir para poder fazer música novamente. Também fiz treinamento musical com o Meludia, o que acabou sendo bastante desafiador e provavelmente me manterá ocupado durante o próximo ano.

An Orchestra Player With a Cochlear Implant: Russell’s Story

 

RONDO 3: Design e manuseio simples

Atualmente, estou usando os processadores de áudio RONDO 2 e RONDO 3. O RONDO 3 é o meu favorito. Aqui estão as razões do porquê:

  • Em primeiro lugar, meu RONDO 3 oferece um som muito mais rico em detalhes.
  • Também gosto do fato de ser tão fácil de recarregar e de não haver nada pendurado na minha orelha.
  • E também gosto de usar o WaterWear em minhas competições de caiaque.
  • Meu RONDO 3 é uma necessidade durante maratonas de canoagem, pois ajuda na audição direcional e posso ouvir quando abrir caminho para outros competidores.

 

A importância do meu Implante Coclear

Sou muito grato pelo meu Implante Coclear. Isso me tornou uma pessoa tolerante e mais disposta a ajudar as pessoas menos afortunadas do que eu. Eu vi minha perda auditiva em um ouvido como um obstáculo ou um desafio, mas nunca como um problema, já que esse termo negativo não ajuda ninguém.

Agora que tenho um Implante Coclear, posso continuar a partilhar a beleza da música que toco na orquestra, e isso significa tudo para mim.

Russell

Oboísta e usuário de IC, Reino Unido

 

Fazer parte da família MED-EL

Toquei no festival de música Sound Sensation da MED-EL e gostei muito de ouvir e conhecer outros músicos com ICs. Eu me senti tão humilde e inspirado por eles. Gostaria de agradecer à MED-EL pelo seu incrível apoio, pelo seu profissionalismo, pela sua gentileza e pelo quanto se preocupam com os usuários de implantes auditivos. A família MED-EL mudou minha vida. Eu não posso agradecê-los o suficiente!

 

Obrigado, Russel!

Referências

Obrigado pela sua mensagem. Iremos entrar em contato o mais breve possível.

Mande uma mensagem

Campo obrigatório

John Doe

Campo obrigatório

name@mail.com

Campo obrigatório

What do you think?

Enviar mensagem

© MED-EL Medical Electronics. O conteúdo deste site é fornecido apenas a título de informação geral, não devendo ser tomado como conselho médico. Entre em contato com seu médico ou especialista da audição para se informar sobre o tipo de solução auditiva adequada às suas necessidades específicas. Nem todos os produtos, recursos ou indicações mostrados estão disponíveis em todas as áreas.

Processando comentário

Ocorreu um erro inesperado. Por favor, tente novamente.

Obrigado pelo seu feedback. Seu comentário será publicado após aprovação.

Deixe seu comentário.