em Tecnologia

Você já viu como é feito um implante coclear? Estamos entusiasmados em mostrar a você essas fotos exclusivas que documentam toda a fabricação de um implante coclear aqui na MED-EL.

Esta é a segunda parte da história: fabricar o implante. A primeira parte foi uma análise aprofundada de como as matrizes de eletrodos são feitas, então, se você ainda não viu essa postagem, deve dar uma olhada primeiro neste link.

Bem, mas se você já viu, dê o próximo passo conosco, enquanto entramos direto em nossa fábrica de implantes.

Lembre-se do primeiro lema de como implante coclear é feito?

Tecnologia, feita à mão

Como um implante coclear MED-EL é feito: Parte 2

É aqui que nossos especialistas fazem o melhor dos implantes cocleares. A sala de fabricação ocupa um andar inteiro em nossa grande sede. Como a sala das matrizes de eletrodos, esta sala é especialmente filtrada de qualquer poeira ou partículas estranhas.

No total, dedicamos cerca de 3.600 metros quadrados à fabricação. Maior parte dela é dedicado à fabricação do próprio implante, que é o que mostraremos nas fotos abaixo.

Como um implante coclear MED-EL é feito: Parte 2

É aqui que tudo começa: o cérebro eletrônico por trás de um implante coclear. Cada uma dessas caixas azuis contém os chips de computador que enviam sinais de som para o conjunto de eletrodos. Os componentes eletrônicos estão alojados dentro de um bloco sólido de titânio para a máximo durabilidade. A união entre as duas partes é soldada a laser, o que mantém os componentes eletrônicos completamente isolados de qualquer coisa fora da caixa de titânio.

Um implante coclear MED-EL envia informações de som para a cóclea a uma velocidade de até 50.000 vezes por segundo. Eles podem até mesmo enviar som para diferentes partes da cóclea – exatamente ao mesmo tempo. Isso significa que um usuário MED-EL tem acesso a até 250 pitches (tons) exclusivos de som.

Após a soldagem a laser de precisão, eles estão prontos para serem integrados a um implante coclear.

Mas antes disso, cada um é submetido a um rigoroso teste de controle de qualidade da eletrônica e da caixa.

Como um implante coclear MED-EL é feito: Parte 2

Conforme um implante é fabricado, ele é passa por uma linha ordenada de produção através de nossa sala de fabricação. Para algumas dessas etapas, ele precisa ir para uma sala adicional que está dentro da sala estéril principal. Para passar por essas diferentes salas, os implantes precisam passar por uma eclusa de ar especial. Apenas um lado da câmara pode ser aberto de cada vez, o que mantém a atmosfera de cada sala isolada e controlada.

Na foto abaixo, você pode ver um especialista movendo os implantes através dessa eclusa de ar e para a próxima etapa: serem selados em silicone.

Como um implante coclear MED-EL é feito: Parte 2

Essa bancada é onde o implante atinge sua forma final.

A eletrônica montada, o conjunto de eletrodos e a bobina são colocados à mão em uma forma de metal. Esta forma é então selada e  injetada com silicone. Após a cura do silicone, a forma é aberta e o implante nasce.

Como um implante coclear MED-EL é feito: Parte 2

Na foto acima, os implantes da parte superior ainda não receberam sua capa de silicone. Os do meio acabam de ser retirados da forma de metal e é o mais próximo de um implante coclear novo que você jamais conseguirá. Na parte inferior, você pode ver um especialista selando mais um implante para sua jornada.

Como um implante coclear MED-EL é feito: Parte 2

Neste ponto, o implante pode ser embalado, esterilizado e enviado para um hospital, mas isso não é bom o suficiente para nós. Eles estão quase prontos, mas não totalmente. Bem no final da linha está uma bateria completa de testes.

Nessa foto, o especialista colocou o implante em um líquido especial e o conectou a uma bobina processadora. Este teste verifica se o implante pode receber sinais de som do processador de áudio.

Como um implante coclear MED-EL é feito: Parte 2

Então aqui está: um implante coclear MED-EL novinho e pronto. Ele é lacrado em uma embalagem especial, esterilizada para que tenha uma vida útil de três anos, e permanecerá assim até que um cirurgião o abra momentos antes da cirurgia.

 

Este foi um breve tour pela fabricação real de um implante coclear. Vamos mergulhar no desenvolvimento da próxima geração de implantes cocleares: o trabalho de nossos engenheiros de pesquisa e desenvolvimento em outro texto?

 

Inscreva-se no Blog da MED-EL para ter certeza de receber todos os posts divertidos e informativos como este, entregues diretamente em sua caixa de entrada!

Comments

comments

Postagens recomendadas